21 de mai de 2010

Quem foi que inventou o Nextel?

Você está bem sossegado no seu lugar no ônibus, imerso em seus próprios problemas, talvez até em vias de iniciar uma gostosa soneca quando o passageiro do lado começa a emitir aquele bip irritante tão já nosso conhecido. Aí ele vai sacar aquela geringonça odiosa e vai começar a berrar pra todo mundo no ônibus ouvir que ele está no ônibus, ou então dar instruções a uma secretária surda e retardada sobre como encontrar um papel numa mesa que pode estar mais bagunçada que ninho de guaco a julgar pelas instruções.

Você já está quase arrancando o maldito aparelho da mão do infeliz e berrando pra secretária idiota que é só esperar ele chegar que ele encontra o papel que todo mundo no ônibus já sabe onde está quando ele desliga. Você já vai se acomodando para aquela soneca quando a geringonça começa a apitar de novo.

Ah, e tem gente que ainda acha que celular incomoda! Porque será que todo cliente da Nextel quer que todo mundo dentro do ônibus saiba que ele é um tremendo chupa-ovo do chefe e que está às ordens para ser incomodado (e incomodar todo mundo à sua volta) 24 horas por dia? Será que ele pensa que a gente acha bonito toda essa palhaçada? E o pior é que o maldito aparelho - pasmem! - tem um botãozinho que parece que não está incluído no manual do usuário, que faz com que o aparelho funcione como um celular, permitindo que a conversa seja ouvida só por quem está recebendo a ligação! Por quê eles não o usam, esse é um dos mistérios da humanidade que nenhum psicólogo saberá explicar.

Enquanto o incômodo companheiro de viagem atende mais uma ligação do chato do chefe dele lá, que não é super-chefe mas consegue irritar mais de 50 pessoas ao mesmo tempo (só o idiota portador do aparelho é que parece gostar...) você fica pensando:

- Você pode até achar que é chique mostrar pra todos que tem esse aparelho imbecil e que tem um chefe que adora ser paparicado e tem uma secretária retardada, mas na verdade o que todos achamos é que voce é um babaca.

Ratings by outbrain