11 de nov de 2008

Falta de respeito

Parece que ninguém respeita mais ninguém. É claro que há exceções, mas são honrosas porque raras. Entro no ônibus e mal boto o pé na escada o motorista já arranca com tudo, nem espera que eu esteja de fato dentro do veículo e fecha a porta, que por pouco não me amputa o pé. E não adianta fazer alusões à santa mãezinha dele, porque a missão dela de educar o dito cujo quando era criança está na cara que ela não cumpriu.

Na fila do caixa eletrônico tem sempre um idiota que acha que é esperto e vai entrando no meio da fila, assim como quem não quer nada. E ainda pede desculpas quando reclamamos, diz que achou que o fim da fila era ali. É nada que ele quer nos enganar que não nos viu ali plantados, esperando (im)pacientemente e polidamente nossa vez? Ou ele é cego ou cara-de-pau (sou mais pela segunda opção, e você?).

No caixa do supermercado a mocinha faz que nem estou ali, esperando que ela se dê ao trabalho de encerrar a conversa tão edificante que ela tem com a moça do caixa do lado sobre moda e novelas, e se digne a me atender. Está ali pra isso, é paga pra isso, ou será que EU é que estou errada? Quem mandou querer fazer compra bem na hora que ela estava fazendo uma pausa pra conversar em público assuntos que só interessam a ela e à outra retardada que também não está nem aí para a freguesa que espera tão pacientemente quanto eu que a lenga-lenga acabe? E depois ainda quer que eu facilite o troco! Por quê eu facilitaria a vida dela se ela não facilita a minha? Só porque ela se julga mais bonita do que eu? Pois sim!

E nem pensem que sou uma pessoa que vive mal-humorada, se queixando de tudo, sou o oposto disso. Estou quase sempre de bem com a vida, rindo e contando piada. Mas quando dou com uma pessoa assim, que não tem limites e insiste em invadir os meus, já vou recitando mentalmente aquele mantra da paciência infinita para não estourar. Prego um sorriso falso no rosto, conto até mil e insisto em não permitir que me façam perder a calma e dar baixaria em público.

Isso funciona. Pelo menos na maioria das vezes. Tem hora que não dá, aí já viu...

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de deixar sua mensagem, por favor leia nossa Política de Publicação de Comentários.

Ratings by outbrain