17 de dez de 2008

Será que falta assunto?

A TV como guia

Tendo os noticiários de TV como guia, basta aparecer alguma notícia tratada pela imprensa de forma sensacionalista para atrair audiência e um monte de blogueiros já entra na onda. Foi só acontecer a cobertura em rede nacional e ao vivo da TV no caso Eloá que o assunto pipocou em tudo quanto é blog.

É claro que quando um assunto está nas bocas a gente não resiste a acaba comentando, afinal é sobre o que se fala no momento, até em festas e reuniões sociais acontece de o assunto aparecer. Mas comentar é uma coisa, esmiuçar o assunto à toda hora é um saco.

Falta de opções

Quem gosta de ler blogs como eu acaba ficando sem opção. No caso Eloá, por exemplo, primeiro mostravam os vídeos em tudo quanto é blog. Depois as fotos do orkut. Teve gente que até criou blog só para falar sobre o assunto. Comentar é uma coisa, aproveitar um assunto que esteja em pauta para conseguir visitantes - e consequentemente faturar uns trocados em cima - é uma atitude que considero não muito ética.

Leitores do blog

Quando o leitor visita um blog e gosta do assunto nele tratado costuma voltar, mas se por acaso o escritor começa a recheá-lo de assuntos sensacionalistas para conseguir novos leitores corre o risco de perder aqueles leitores antigos que cativou com trabalho sério de muitas horas. E o visitante novo só está em busca do que está na mídia, logo irá para outros blogs que contém o mesmo assunto - já que há milhares deles - e não volta mais.

Criando uma marca com trabalho sério

É claro que eu sei o que traria muitos leitores aqui e faria meu blog bombar do dia para a noite. Bastaria recheá-lo de notícias copiadas, botar umas fotos aqui e ali e uns vídeos para agradar aos mais exigentes. Tudo sobre o assunto que é a bola da vez. Mas em pouco tempo esse deixaria de ser o Livro do Ódio para ser um blog como há milhões de outros por aí. E isso eu não quero, quero continuar falando sobre o que me irrita aqui, e os visitantes que se solidarizarem comigo ou se identificarem com as situações que narro vão se tornar leitores - pelo menos é o que eu espero.

Concorrência

É claro que alguns talvez prefiram ler sobre os assuntos do momento, mas para isso há as páginas do UOL, do Yahoo e do Google notícias. Se eu aderisse ao esquema estaria me tornando apenas mais um, e a idéia não é essa. Respeito a concorrência, mas aqueles que só falam sobre o assunto do momento, a não ser que tenham um blog especificamente para isso, curvaram-se ao poder econômico, e em vez de adicionar algo à internet estão apenas dividindo entre si os despojos de uma massa falida que a TV explora diariamente, razão pela qual muitos a desligam e procuram algo diferente na internet.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de deixar sua mensagem, por favor leia nossa Política de Publicação de Comentários.

Ratings by outbrain